domingo, 24 de janeiro de 2010

De volta ao lar


De volta...







Estive esta semana inteira fora de casa viajando, não para lazer, muito pelo contrário;para resolver "pepinos" uma horta inteira de pepinos de todos os tamanhos e modelos e ainda "carregar" mais um balaio deles.
Posso dizer que voltei meio escalavrada (palavra nova essa) mas consegui chegar inteira. Esta semana ficará na minha pasta de reflexões por algum tempo com certeza. Ouvi coisas velhas e novas até algumas impensáveis, eu diria.
Mas o bom é que não guardo mágoa por muito tempo, só vou remoendo, ruminando como uma cabra, até digerir tudo; e dai passa. Nada de rancor, ódio ou qualquer outro sentimento menor.
Mas também tive breves momentos de alegria e demonstrações sinceras e expontâneas de amor e alegria em me ver.
Foi muito bom. São momentos preciosos, verdadeiros mimos que nos dão forças para segurar uma barra pesada e desafiadora.
Pelo "andar da carruagem" esse ano promete, acho que entrei com dois pés esquerdos, os sapatos trocados e dois números menores. Mas tudo bem, ainda continuo acreditando que a vida nos devolve cedo ou tarde o que plantamos e que não passo por momentos que não gostaria de passar, sem ter feito por merecer.
É isso. amanhã será outro dia.
"Se eu não estiver com ELE, ELE estará comigo".

Um comentário: